Prevenção ao Suicídio: Ligue CVV 188 – A Linha da Vida

Prevenção ao suicídio é uma tarefa que cabe a cada um de nós. Isso porque a dor alheia muitas vezes está escondida e não se percebe no rosto. Será de grande ajuda se você compartilhar o fato de que existem pessoas que realmente se importam e que estão dispostas a oferecer uma relação de ajuda.

O Centro de Valorização da Vida – CVV – é uma ONG fundada em São Paulo em 1962. Desde então, o CVV existe para oferecer “serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo”. A ONG nasceu da boa vontade e dedicação de jovens que procuravam uma forma de ajudar a sociedade. Mais de 50 anos depois, a ideia se espalhou pelo país.

Hoje, já são cerca de 80 Postos CVV por todo o Brasil. Esta iniciativa está ligada à rede Befrienders Worldwide que congrega unidades oriundas de 39 países. Em cada país, de forma geral, a prevenção ao suicídio funciona de forma semelhante. Inspirado na Abordagem Centrada na Pessoa, um dos modelos de atendimento psicológico para psicoterapia, o CVV oferece serviço de prevenção ao suicídio por meio de telefone, bate-papo por internet (chat), Skype e até pessoalmente onde há um Posto CVV.

CVV 188 – A Linha da Vida

Em março de 2017 o Ministério da Saúde assinou um termo de cooperação técnica com o Centro de Valorização da Vida para que as ligações telefônicas aconteçam de forma gratuita para toda a população brasileira. A partir disso, ocorreu um repasse de verbas do Ministério da Saúde para o CVV da ordem de 500 mil reais. Assim sendo, o número 188 constituirá a Linha da Vida e será implantado em todo o território nacional.

A novidade é que a hora de iniciar o funcionamento da Linha da Vida no Ceará chegou. Finalmente, a partir de 31 de março de 2018 todo o Ceará pode ligar para o 188 de forma inteiramente gratuita, não importa de qual operadora de telefone fixo ou celular. Ao ligar, a pessoa pode ser atendida por qualquer voluntário do CVV no Brasil. As chamadas não são rastreadas, quem liga não precisa se identificar e pode ligar quantas vezes quiser. Além disso, aquilo que for dito será tratado de forma sigilosa e respeitosa.

Por outro lado, é importante dizer que o voluntário do CVV não é um profissional e nem tenta substituir o atendimento psicológico. Deste modo, ele não oferece psicoterapia ou qualquer tipo de tratamento. Diante disso, é preciso explicar que o voluntário é alguém que fez um treinamento para escuta e compreensão. Ele está ali, portanto, como ser humano, de boa vontade para compreender o que vier. Sabe-se que muitas vezes o suicídio acontece numa questão de momento. A prevenção ao suicídio oferecida pelo CVV é estar aberto ao contato nessas situações. Dessa forma, a pessoa pode falar e compartilhar seus sentimentos de forma livre, sem se sentir julgada ou ameaçada.

Infelizmente é comum que não se saiba como estão realmente as pessoas ao nosso lado. Deste modo, é possível que alguém próximo a você esteja vivenciando uma grande angústia de forma silenciosa. Muitas pessoas não se sentem à vontade para compartilhar o que sente com as pessoas em volta. Neste sentido, é importante que você que lê esta informação compartilhe essa notícia, para que as pessoas em sua volta saibam que podem entrar em contato com alguém de forma discreta e sigilosa.

Finalmente, se você que chegou até esta linha sente que precisa de ajuda, sinta-se à vontade para guardar esse contato que funciona 24h por dia, em todos os dias do ano:

Ligue 188 – A Linha da Vida.

Mais informações:

Centro de Valorização da Vida
www.cvv.org.br

Befrienders Worldwide
https://www.befrienders.org/

Comentários

Psicólogo pela Universidade Federal do Ceará com especialização em Neuropsicologia e aprofundamento em Abordagem Centrada na Pessoa. Atua em Fortaleza – CE oferecendo atendimento individual para adultos ou idosos.